terça-feira, 11 de agosto de 2009

Uma questão de logística

- Vó, quem que deixa estas revistas aqui na calçada? – pergunta intrigada a pequena criança.
- O entregador.
- Quem é o entregador?
- O carteiro, querida! – disse a avó para simplificar.
- Carteiro é quem entrega carta, né?
- É sim!
- Eu queria ver o carteiro!
- O dia que ele vier entregar alguma coisa aqui você vai ver.
...

No mês seguinte, ela estava brincando no quintal quando ouviu o barulho de uma moto lá na frente e alguma coisa caindo no chão. Correu para lá e viu duas revistas na calçada da varanda. Pegou as revistas e correu para dentro mostrar para a avó.

- Vóóóóó... O carteiro veio de novo deixar as revistas e eu não consegui vê-lo.
- É que ele é muito rápido, não é?
- É né, vó, tem que ser mais rápido que ele para poder vê-lo!
...

Alguns meses depois ela conta para a madrinha toda empolgada:

- Dinda! Eu vi o carteiro! Ele é muuuuuito rápido mas eu consegui ver!
- E ele era bonito?
- Não sei né dinda, ele é muuuuuito rápido, eu não consegui ver o rosto dele, só vi que ele estava de moto e usava uma roupa preta e capacete preto, ele só jogou as revistas e foi embora de moto sem nem falar comigo.
- Então não era carteiro, era o motoboy que entrega revistas.
- Ah, ele só entrega revista? Não entrega cartinha?
- Esse só entrega revista e jornal. O carteiro usa camiseta amarela, calça azul e, normalmente vem de bicicleta ou a pé entregar as correspondências.
- Ai, pelo menos se ele vier a pé vai ser mais fácil de eu ver, né?
- E pra que você quer ver o carteiro?
- Pra perguntar pra ele se ele já conseguiu entregar a minha cartinha pro Papai Noel, já faz um tempão que eu mandei uma carta pra ele pedindo uma moto de verdade, outra pedindo uma fazenda e outra pedindo um cachorro e até agora ele não me mandou nada. Só pode ser porque ele não recebeu as minhas cartas!
- Acho que não, o papai Noel sempre recebe as cartas, talvez ele não tenha entendido a sua letra.
- Errrrrr Dinda, eu nem sei escrever uma carta inteira... eu desenhei! Mas eu acho mesmo que o carteiro não conseguiu chegar lá no Pólo Norte, de bicicleta ia demorar muito. Bem melhor eu pedir pro entregador de revista levar, não é? De moto é muuuuito mais rápido!!!

5 comentários:

Renatinha disse...

Que delícia! *suspiro.
Porque a vida se complica depois? Porque?
Papai Noel dê uma moto, uma fazenda e um cachorro para ela, ela merece, para nunca parar de acreditar.
beijos
Re

Ana disse...

Ah que lindaaaa!! Deveriamos ser criancas para sempre.

Daniel Ribeiro disse...

Adoro a cabeça, a inocência e ingenuidade das crianças. Concordo com a Ana, deveríamos ser crianças para sempre, quem sabe assim o mundo seria um lugar bem melhor.

Cláudia disse...

Isso mesmo, manda de motoboy, que se ele nao conseguir levar, ninguem mais consegue.
E pede pra protocolar a entrega, Papai Noel assina: Papai Noel e assim ela sabe que recebeu.

Nao da pra fazer uma resposta pra cartinha dela? Explicando o motivo pelo qual ela ainda nao ganhou a fazenda, a moto e o cachorro, mas barganhando alguma coisa mais possivel, como um iate, por exemplo.

beijo, adorei!

danvitorgomes disse...

Crianças Resolvem Problemas Brincando a Lógica delas é diferente da nossa mais acerta do mesmo jeito.

bjoz